Esporte

As polêmicas mais populares de Nacho Cano: de “graças a Deus os espanhóis chegaram ao México” a “graças a Colombo o iPhone existe”


NãoAcho Cano foi preso nesta terça-feira, 9 de junho, pela Polícia Nacional. As autoridades apontam que o compositor cometeu um crime contra os direitos dos trabalhadores e dos cidadãos estrangeiros. De acordo com a investigação, Nacho Cano teria contratado imigrantes em situação irregular para seu programa ‘Malinche’. A polícia tomou seu depoimento e ele foi liberado sob acusação.

Esta não foi a única polêmica protagonizada por Nacho Cano nos últimos meses. Em todas as entrevistas ou eventos em que compareceu, acabou deixando um depoimento pelo qual foi duramente criticado. Ayuso, a colonização, o México, o iPhone… Em MARCA.com revisamos todas as suas polêmicas.

A polícia

Sua definição de Ayuso e 'Eu gosto de frutas'

Em meio à polêmica no Congresso dos Deputados sobre o insulto de Isabel Díaz Ayuso a Pedro Sánchez que acabou virando slogan de campanha, Nacho Cano definiu a presidente da Comunidade de Madrid como “a mulher que mais fez pelo vegetarianismo na história de Espanha”em referência a 'Gosto de frutas'.

Sua visão da colonização da América

Em plena divulgação de ‘Malinche’, Nacho Cano concedeu uma entrevista ao El Mundo na qual deixou manchetes como estas: “Se não tivéssemos descoberto a América, a Segunda Guerra Mundial teria sido vencida por Hitler.”“Graças ao Cristóvão Colombo ou Hernán Cortés da História, agora temos o iPhone” ou “México, Peru, Equador e El Salvador deveriam agradecer porque se fossem os ingleses não teriam deixado nenhum vivo”em referência à chegada à América.

A polícia

Nacho Cano e a “ditadura” que a Espanha vive atualmente

Quando questionado sobre a sociedade atual, o compositor não hesitou em descrever a Espanha como “uma ditadura”: “Parece muito com o de Franco. Muito. Você não pode mais dizer o que quer ou pensar como quer. É por isso que não me identifico com pessoas que estão nesse comprimento de onda. O que estamos vivenciando neste momento não é liberdade”, observou ele em entrevista ao El Pas.





Source link

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo