Entretenimento

Empréstimo em moeda estrangeira para empresas privadas sobe 165,3%, adiciona 94% das entradas


Os empréstimos em moeda estrangeira (FCY) aumentaram 165,3% em relação ao ano anterior, contribuindo assim com 94,0% das entradas no segmento “outros investimentos” dos dados de importação de capital entre o primeiro trimestre de 2023 e o de 2024.

Mas as entradas de ações caíram 77,8% ano a ano, para US$ 49,4 milhões (menor entrada no primeiro trimestre desde 2022, US$ 31,8 milhões).

“O aumento acentuado nas entradas para instrumentos de renda fixa (especialmente, mercado monetário) não é surpreendente, dado que a nova liderança do CBN relaxou a estratégia de repressão de rendimentos da liderança anterior para atrair investidores de portfólio”, disseram analistas da Afrinvest.

Durante o trimestre em análise, o Banco Central da Nigéria (CBN) aumentou a Taxa de Política Monetária (MPR) em 600 bps para 24,75 por cento, enquanto as taxas de parada nas Letras do Tesouro de 90, 180 e 364 dias subiram para 16,2 por cento, 17,0 por cento e 21,1%, respectivamente.

Analistas da Afrinvest disseram: “Essa realidade não é um bom presságio para a economia do país, pois implica na falta de confiança dos investidores estrangeiros em investir diretamente seus ativos na Nigéria.

“Além disso, dado o atual estado caro do capital no mercado global, especialmente para economias emergentes com classificações de crédito fracas, como a Nigéria (Classificação da Fitch: B-), imaginamos que os empréstimos do FCY ​​(que eram principalmente para empresas privadas) foram garantidos a taxas elevadas.

“Portanto, embora a importação de capital esteja bem encaminhada para atingir uma alta de cinco anos (a taxa de execução atual deve render US$ 13,5 bilhões), ela se torna um momento agridoce, pois a Nigéria não pode se dar ao luxo de continuar dependendo de empréstimos caros para impulsionar os fluxos de investimento estrangeiro”.

Além disso, o ambiente de negócios desafiador na Nigéria aumentou o risco de inadimplência de empréstimos para empresas que recorrem aos mercados de FCY para impulsionar suas operações.

Voltando a atenção para a distribuição dos ingressos por setores, observou-se que o setor bancário (61,2%) atraiu mais, seguido pelo Comércio (14,7%) e Produção (5,7%).

Esta é a primeira vez desde o primeiro trimestre de 2023 que o setor bancário liderará outros setores.

“Opinamos que as entradas no setor bancário refletem parcialmente o impacto das emissões aprimoradas da Operação de Mercado Aberto (OMO). O aumento na contribuição comercial para US$ 494,5 milhões (superando a alta anterior de US$ 311,2 milhões no quarto trimestre de 2021) pode ser atribuído à atração das exportações da Nigéria devido à naira mais fraca.

“Esta submissão é ainda mais validada nas Estatísticas de Comércio Exterior do primeiro trimestre de 2024, nas quais o superávit comercial subiu para N6,5 trilhões, superando a alta de N5,1 trilhões do ano de 2023”, disse a Afrinvest.

Em termos de distribuição, as entradas de capital foram limitadas a três estados – Lagos (US$ 2,8 bilhões), Abuja (US$ 593,6 bilhões) e Ekiti (US$ 1.275).

Isso ressalta a quantidade de reformas que os governos subnacionais precisam implementar (em apoio aos esforços do FG) para tornar seus estados favoráveis ​​a investimentos, caso pretendam se tornar fiscalmente independentes.

Na semana passada, os dados de importação de capital do primeiro trimestre de 2024 publicados pelo National Bureau of Statistics (NBS), destacando os fluxos totais de investimento estrangeiro na Nigéria durante o período, mostram que os fluxos totais de capital avançaram 198,1 por cento ano a ano (a/a) para US$ 3,4 bilhões – o maior valor desde o primeiro trimestre de 2020.

O Investimento Estrangeiro de Carteira (FPI) – o maior componente da importação total de capital com 61,5% de participação – avançou 219,7% a/a para US$ 2,1 bilhões, impulsionado por melhores entradas nos mercados monetário (aumento de 1.175,2%) e de títulos (aumento de 39,8%).



Source link

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo