Entretenimento

Nigéria pode desenvolver enorme mercado renovável e atingir meta de zero líquido – TotalEnergies


À medida que a busca para atingir o crescimento energético da Nigéria continua, as partes interessadas da NOG Energy destacaram a necessidade de acelerar seus projetos de energia renovável.

Falando em um painel sobre “Navegando no caminho da Nigéria para alcançar a sustentabilidade da segurança energética na jornada para o zero líquido”, na NOG Energy Week em Abuja, eles opinaram que o desenvolvimento de projetos renováveis ​​da Nigéria não apenas garantiria a segurança energética, mas também ajudaria o país a atingir sua meta de zero líquido.

O diretor administrativo da TotalEnergies Renewable DG Nigéria, Adewale Fayemi, disse que o país pode desenvolver suas energias renováveis ​​e aumentar sua produção de gás.

Fayemi, que foi representado pelo gerente geral da Renewable Explorer, TotalEnergies, Omotayo Hassan, insistiu que, com o financiamento para hidrocarbonetos diminuindo continuamente, era importante que a Nigéria acompanhasse a tendência.

Ele disse: “Tenho certeza de que quando o ministro falou, os primeiros 18 minutos foram sobre gás e no final ele falou sobre energias renováveis, muito pouco. A realidade é que o trem está se movendo, quer gostemos ou não. Ou vamos nos juntar a esse trem ou ficar para trás, esse é apenas o fato.

“Temos gás, temos que desenvolver todo o mercado, temos que usar nosso gás para desenvolver este país e industrializar e aumentar nossa geração de energia. Mas também temos que olhar para a outra mistura de energia que está acontecendo, que todos estão fazendo para que possamos aumentar nossa geração de energia.”

Ao observar que US$ 4 bilhões são comprometidos anualmente com projetos renováveis, o DG de Energias Renováveis ​​da TotalEnergies para a Nigéria acrescentou que o país pode alcançar a industrialização e a produção de gás à medida que desenvolve suas energias renováveis.



Source link

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo