Esporte

Primeira Federação: Nstic recorre à justiça ordinária: processa Mallo Fernández por sua arbitragem contra Málaga


EGimstic recorre à arbitragem de Mallo Fernndez na segunda mão contra o Mlaga. Uma denúncia que não caberá recurso ao Tribunal Arbitral do Desporto e irá diretamente para a Justiça Ordinária e nem sequer afasta processo criminal como o próprio clube reconheceu num comunicado oficial que tornou público esta manhã.

Uma festa que não deixa de ter polêmica

A partida gerou polêmica. Acima de tudo, é a decisão que tomou a dez minutos do final, quando Mallo Fernández interrompeu o duelo porque havia constantemente duas bolas em campo. O árbitro mandou as duas equipas para o balneário até que as coisas se acalmassem e esta decisão agradou perfeitamente aos andaluzes, que, na penúltima acção do jogo, levaram a glória com um golo milagroso de Antoito.

Outras decisões como a expulsão de Nacho, que recebeu o segundo cartão amarelo na partida, deixaram o Nstic com dez jogadores e em clara desvantagem para o Málaga. Foi fundamental para o resultado do jogo, embora talvez não tão importante quanto mandar todos para o vestiário do Nou Estadi com o jogo inacabado.





Source link

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo