Entretenimento

Sindicatos de Aviação Retirarão Serviços em Aeroportos


Os sindicatos da aviação anunciaram uma retirada total dos serviços em todos os aeroportos da Nigéria a partir das 12h00 de segunda-feira, 3 de junho, alinhando-se com a greve indefinida declarada pelos trabalhadores organizados.

Esta decisão foi confirmada após uma reunião de emergência realizada no domingo pelos principais sindicatos da aviação.

Os sindicatos envolvidos são o Sindicato Nacional dos Funcionários do Transporte Aéreo (NUATE), a Associação do Pessoal Sénior dos Serviços de Transporte Aéreo da Nigéria (ATSSSAN), a Associação dos Profissionais da Aviação Nigeriana (ANAP) e a Associação Nacional de Pilotos e Engenheiros de Aeronaves (NAAPE) .

Estes grupos representam uma parcela significativa da força de trabalho do setor da aviação, desde serviços de assistência em escala até operações de voo.

A decisão de aderir à greve nacional surge no meio de tensões crescentes entre os trabalhadores organizados e o Governo Federal sobre as exigências de um aumento significativo do salário mínimo nacional.

Os sindicatos, que incluem um amplo espectro de sectores, criticaram os ajustamentos salariais propostos pelo governo como insuficientes à luz dos actuais desafios económicos.

Prevê-se que a acção de greve do sector da aviação paralise as operações nos aeroportos de todo o país, podendo prender milhares de passageiros e causar perturbações substanciais nos voos domésticos e internacionais.

Os líderes sindicais expressaram a sua solidariedade com os objectivos mais amplos da greve trabalhista organizada, enfatizando que a sua acção visa a busca de um salário justo que reflicta as actuais realidades económicas enfrentadas pelos trabalhadores.

Salientaram também a importância de manter uma frente unida na defesa destas exigências.

Os viajantes são aconselhados a antecipar interrupções e verificar com suas respectivas companhias aéreas atualizações sobre os horários dos voos.

Os sindicatos, numa declaração conjunta assinada pelo Camarada Ocheme Aba, Secretário Geral do NUATE; Camarada Frances Akinjole, Secretária Geral Adjunta ATSSSAN; O camarada Abdul Rasaq Saidu, o secretário-geral da ANAP e o camarada Olayinka Abioye, secretário-geral da NAAPE, instruíram todos os ramos a cumprir.

O aviso dizia, “Em conformidade com a diretriz de nossos trabalhadores trabalhistas – Congresso Trabalhista da Nigéria e Congresso Sindical da Nigéria – informamos ao público em geral, prestadores de serviços de aviação, operadores de companhias aéreas, empresas de aviação e todos os trabalhadores da aviação em todo o país que a partir das 00:00 horas do dia 3 de junho , 2024, todos os serviços em todos os aeroportos nigerianos serão totalmente suspensos até novo aviso.

“Não ignorando o facto de muitos voos internacionais para a Nigéria já estarem no ar, a acção de greve terá início nos terminais internacionais no dia 4 de Junho de 2024.

“Todos os trabalhadores da aviação devem reconhecer a seriedade desta luta e cumprir infalivelmente. Todos os dirigentes de nossos sindicatos deverão garantir total conformidade em todos os aeroportos.”



Source link

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo