Notícias

CLASSIFICAÇÕES FINAIS DOS JOGADORES DA FA CUP: Quem era um 'saco de nervosismo' para o Man City? E qual zagueiro foi o melhor em campo do Man United?


Manchester UnitedA temporada turbulenta do país terminou em júbilo em Wembley no sábado, quando Erik dez Bruxaa equipa triunfou por 2-1 sobre os rivais Cidade de Manchester para ganhar o Copa da Inglaterra.

Os Red Devils assumiram uma vantagem surpreendente na marca de meia hora Alejandro Garnachoque marcou para o gol vazio do City após uma confusão defensiva entre Josko Gvardiol e Stefan Ortega.

No entanto, não houve nada de feliz no segundo gol do United, nove minutos depois, já que Kobbie Mainoo acabado Bruno Fernandes' excelente assistência para colocar o United no intervalo com 2 a 0 na frente.

O substituto do segundo tempo, Jeremy Doku, inspirou a esperança de uma recuperação tardia do City, marcando de longe graças a um erro de Andre Onana, mas o United finalmente conseguiu segurar a vitória.

CHRIS WHEELER e JACK GAUGHAN do Mail Sport avaliam o desempenho dos jogadores na partida de sábado em Wembley.

O Manchester United triunfou por 2 a 1 sobre o rival Manchester City no sábado e conquistou a Copa da Inglaterra.

Os Red Devils assumiram uma vantagem surpreendente na marca de meia hora através do adolescente Alejandro Garnacho (à esquerda), que aproveitou uma confusão entre Josko Gvardiol e Stefan Ortega na defesa

Os Red Devils assumiram uma vantagem surpreendente na marca de meia hora através do adolescente Alejandro Garnacho (à esquerda), que aproveitou uma confusão entre Josko Gvardiol e Stefan Ortega na defesa

Erik ten Hag, que supostamente enfrenta o machado no United, terminou a temporada com a medalha de prata

Erik ten Hag, que supostamente enfrenta o machado no United, terminou a temporada com a medalha de prata

Cidade de Manchester

Stefan Ortega – 5

Parecia um saco de nervosismo desde o início. Tremendo com a bola e sem saber quando vir e limpar.

Kyle Walker – 5,5

Não quero ver o gol de Kobbie Mainoo novamente. Voltei e paguei por isso. Melhor seguir em frente.

Pedras de John – 5,5

Primeiro começo em mais de um mês e isso ficou evidente. Não consegui entrar no ritmo do jogo. Melhorou após o intervalo.

Nathan Aké – 5,5

Fisgado no intervalo por seu papel no desastre do primeiro tempo. Poderia ter sido qualquer um dos quatro defensores, na verdade.

Se Guardiol – 5

Erro horrível do primeiro que abriu o jogo. Erro atípico do croata.

Rodri – 5.5

Solto quando está com a bola, sem atrapalhar tanto o jogo. Passivo, que muitas vezes não pode ser direcionado a ele.

Sofyan Amrabat (esquerda) ajudou a manter a estrela do City, Kevin De Bruyne (direita), quieto no primeiro tempo

Sofyan Amrabat (esquerda) ajudou a manter a estrela do City, Kevin De Bruyne (direita), quieto no primeiro tempo

O substituto do segundo tempo, Jeremy Doku, inspirou esperança para o City com um chute de longe no final do jogo

O substituto do segundo tempo, Jeremy Doku, inspirou esperança para o City com um chute de longe no final do jogo

Mateo Kovacic – 6

Na verdade, parecia ser um dos meio-campistas mais progressistas antes de ser sacrificado por Jeremy Doku.

Bernardo Silva – 6

Na periferia disso. Permaneceu mais aberto do que o normal e nunca assumiu o controle quando o City avançou.

Kevin De Bruyne-5

Só não ele mesmo, o que tem sido mais comum do que o normal este ano. Setenta e um por cento de conclusão de aprovação.

Phil Foden-7

Luz brilhante para a cidade. Ainda produzia momentos de magia enquanto outros se debatiam, mas precisavam de mais apoio.

Erling Haaland – 5,5

Argumentará que deveria ter recebido dois pênaltis. Acertou a madeira. Resolvi restos.

Erling Haaland teve um dia ruim para os campeões, apesar de acertar a trave após o intervalo

Erling Haaland teve um dia ruim para os campeões, apesar de acertar a trave após o intervalo

SUBS

Manuel Akanji (para Ake, 46) – 7

Jeremy Doku (para Kovacic, 46) – 7

Julian Alvarez (para De Bruyne, 57) – 5,5

Subs não usados: Carson, Dias, Grealish, Nunes, Bobb, Lewis

GERENTE

Pep Guardiola-5

Grandes decisões para colocar Jeremy Doku e Manuel Akanji no banco. Nenhum dos dois valeu a pena e os dois entraram no intervalo. Fiquei frustrado com a arbitragem.

Manchester United

André Onana – 6

Duas excelentes defesas de Walker com uma mão, mas ficará furioso consigo mesmo por deixar o golpe de Doku passar por ele.

Aaron Wan-Bissaka – 6,5

Bastante confortável no primeiro tempo, mas teve muito trabalho contra o ritmo e astúcia de Doku no segundo.

Rafael Varane – 7

Último jogo do United e que maneira de sair. Enorme esforço defensivo para subjugar o City e ganhar a taça.

Lisandro Martínez – 8

Como Ten Hag sentiu falta deste homem. Sobreviveu a um pênalti no primeiro minuto por cutucada em Haaland, mas supremo depois disso.

Lisandro Martinez teve uma atuação vitoriosa na defesa do Manchester United

Lisandro Martinez teve uma atuação vitoriosa na defesa do Manchester United

Andre Onana, que fez uma excelente defesa para impedir Kyle Walker de longe no início do segundo tempo, foi o culpado pelo único gol do City no jogo, não conseguindo lidar com o chute próximo ao poste de Doku.

Andre Onana, que fez uma excelente defesa para impedir Kyle Walker de longe no início do segundo tempo, foi o culpado pelo único gol do City no jogo, não conseguindo lidar com o chute próximo ao poste de Doku.

Diogo Dalot – 7

Jogando fora de posição pela esquerda mais uma vez, mas venceu o duelo com o compatriota Bernardo e avançou bem.

Kobbie Mainoo-7

Comemorou sua primeira final em Wembley com um gol, começando e terminando a jogada com uma finalização clínica para colocar o United em vantagem.

Sofian Amrabat – 7,5

Substituiu o lesionado Casemiro e esteve à altura do desafio. Forneceu influência estabilizadora quando realmente importava.

Marcus Rashford-7

Muito melhor. Ganhou confiança depois de ser eclipsado por Walker logo no início e foi aplaudido pelos fãs quando ele saiu.

Scott McTominay – 6,5

A sua presença física e energia foram cruciais para o plano de jogo do United, impedindo o City de transformar a posse de bola em domínio.

Alejandro Garnacho – 7

A principal ameaça de ataque do United. Ele aproveitou o erro de Gvardiol para marcar o primeiro e testou Ortega com dois chutes.

Bruno Fernandes – 6.5

Fez um trabalho para seu time ao jogar como falso nove novamente e produziu um passe cego engenhoso para preparar o gol de Mainoo.

Kobbie Mainoo aumentou a vantagem do United, marcando a excelente assistência de Bruno Fernandes

Kobbie Mainoo aumentou a vantagem do United, marcando a excelente assistência de Bruno Fernandes

Fernandes desempenhou novamente o papel de nove falsos para o United e marcou lindamente o segundo gol

Fernandes desempenhou o papel de falso nove novamente para o United e marcou lindamente o segundo gol

SUBS

Lindelof (for Garnacho 90+3) – N/A

Montagem (para McTominay 90+3) – N/A

Hojlund (para Rashford 73) – 6,5

Evans (para Martinez 73) – 6,5

Subs não usados: Bayinder, Eriksen, Diallo, Kambwala, Antony

GERENTE

Erik ten Haag – 7

Chegou a Wembley com um plano e sufocou o City para conquistar seu segundo troféu em duas temporadas no United. Será suficiente para salvar seu emprego?



Source link

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo